Robert Scheidt assume liderança no Mundial de Vela

"O vento estava difícil, com muita corrente na raia. Marquei bem melhor nas duas regatas de hoje (sábado) e velejei com mais consistência", contou Scheidt

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Robert Scheidt agora briga pelo quinto lugar, no máximo
Jesus Renedo/Sofia/Divulgação
Robert Scheidt agora briga pelo quinto lugar, no máximo

Depois de um começo tímido, ao terminar o primeiro dia de disputa em nono lugar, Robert Scheidt já assumiu a liderança do Mundial de Vela, que acontece em Santander, na Espanha. Neste sábado, o brasileiro venceu uma regata e conseguiu a terceira colocação na outra, o que foi suficiente para levá-lo para a ponta na classificação geral da classe Laser.

Dono de 10 títulos mundiais na Laser, incluindo o da última edição do campeonato, no ano passado, em Omã, Scheidt tem agora seis pontos perdidos em Santander. O holandês Nicholas Heiner está em segundo lugar com oito, enquanto o australiano Tom Burton, considerado o principal rival do brasileiro na disputa, aparece na terceira posição, com 10 pontos perdidos.

"O vento estava difícil, com muita corrente na raia. Marquei bem melhor nas duas regatas de hoje (sábado) e velejei com mais consistência", contou Scheidt. "Consegui uma pequena vantagem na liderança, mas temos seis regatas pela frente e o nível vai subir ainda mais, com muitos pontos em jogo. Este será um campeonato em que a média de resultados prevalecerá."

Mais dois brasileiros disputam a classe Laser em Santander. Bruno Fontes está em quarto lugar, também na briga por medalha, enquanto Alex Veeren aparece apenas na 59ª posição. No Mundial, ainda serão disputadas seis regatas até que os 10 melhores avançam para a Medal Race, que terá pontuação dobrada e acontecerá na quinta-feira, para definir o título da competição.

Leia tudo sobre: robert scheidtvela