Terminal 3 deve entrar em operação ainda neste mês

Ontem em Governador Valadares, o presidente da Infraero ressaltou que 60% das obras do aeroporto de Confins ficaram prontas e frisou que o terminal 3 deve entrar em operação ainda neste mês

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) continua discutindo com o novo concessionário do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), a BH Airport, que assumiu o aeroporto em 12 de agosto deste ano, a solução para as obras que a Marquise/Normatel deixaram de fazer. A informação é do presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale. “A BH Airport, por ser um administrador privado, tem mais liberdade para resolver o problema”, diz.

A Marquise/Normatel informou ao jornal O TEMPO que não vai renovar o contrato de reforma de Confins porque falhas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) desequilibraram suas contas em R$ 44 milhões. A Infraero pretende aplicar as sanções pela rescisão contratual. Conforme a lei das licitações (8.666), a multa é de até 10% do valor da obra – o que daria R$ 24 milhões. Ontem em Governador Valadares, o presidente da Infraero ressaltou que 60% das obras do aeroporto de Confins ficaram prontas e frisou que o terminal 3 deve entrar em operação ainda neste mês. E que a ampliação da pista, fruto do contrato da Cowan, deve ser concluída em 90 dias. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave