Censura dá origem a exposição

Em entrevista ao “Huffington Post”, Neumann diz que seu “trabalho é bonito e revela a inocência da infância”

iG Minas Gerais | Da redação |

A filha do fotógrafo em uma das fotos do polêmico ensaio
Wyatt Neumann/divulgação
A filha do fotógrafo em uma das fotos do polêmico ensaio

O fotógrafo e diretor de arte norte-americano Wyatt Neumann sentiu na pele a fúria das redes sociais ao compartilhar algumas fotos que fez de sua filha Stella enquanto viajavam pelos Estados Unidos. Em algumas das imagens, Stella aparece só de calcinha e, em outras, sem roupa alguma.  

Wyatt Neumann foi acusado de expor a menina de forma pornográfica, e a repercussão foi tanta que até o Facebook e o Instagram chegaram a bloquear sua conta. O caso ocorreu em abril. Ataques de um grupo ultraconservador pela internet chamaram-no de “doente”.

Em entrevista ao “Huffington Post”, Neumann diz que seu “trabalho é bonito e revela a inocência da infância”. Neumann resolveu transformar a repulsa ao seu trabalho na exposição “Eu sinto muito por seus filhos – a sexualização da inocência na América”, realizada em agosto na Safari Gallery, em Nova York. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave