Homem que matou jovem gay em Goiânia é preso ao confessar crime

Suspeito declarou ter mantido relações sexuais com vítima antes do assassinato e negou que atitude tenha sido tomada por conotação homofóbica

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um jovem de 20 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (12), em Inhumas, região metropolitana de Goiânia, sob suspeita de matar o jovem João Antônio Donati, 18 anos. Suspeito confessou o crime, mas, não revelou motivo.  

Conforme informações da polícia, após o documento de identificação do suspeito ter sido encontrado próximo ao local onde o corpo amanheceu nesta quarta-feira (10), uma operação para tentar localizar o criminoso foi montada. A Polícia Civil conseguiu identificar o hotel que o jovem estava hospedado.

No local, a polícia conseguiu com funcionários o endereço da plantação de tomate, onde o suspeito trabalhava. Ao ser abordado, o jovem confessou o crime.

Ainda segundo depoimento, o suspeito declarou ter mantido relações sexuais com vítima antes de praticar o crime, no entanto, ele negou que tenha havido conotação homofóbica.

Peritos da Polícia Civil identificaram que o criminoso enfiou objetos que estavam no terreno baldio, como plástico e papel, na boca da vítima para asfixiá-la.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave