Robert Scheidt abre Mundial de Santander em nono

Atual campeão da classe fechou o dia com 15 pontos perdidos; o melhor brasileiro na Laser por enquanto é Bruno Fontes, no quinto lugar

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

(RICARDO PEDEBOS/DIVULGAÇÃO VDS)
undefined

Decampeão mundial na Laser, Robert Scheidt foi irregular no primeiro dia de disputas do Mundial de Vela de Santander (Espanha), nesta sexta-feira. O brasileiro, atual campeão da classe, teve um 13.º e um segundo lugares nas duas primeiras regatas da competição e fechou o dia no nono lugar, com 15 pontos perdidos.

Scheidt, assim, já aparece sete pontos atrás do seu principal rival em Santander, o australiano Tom Burton, que vem de títulos em três etapas da Copa do Mundo de Vela e venceu o brasileiro no evento-teste da raia olímpica, no mês passado. Burton é o segundo do Mundial, com oito pontos perdidos.

A liderança, após duas regatas, é do guatemalteco Juan Ignacio Maegli Aguero, que conseguiu um terceiro e um primeiro lugares e tem quatro pontos perdidos. O melhor brasileiro na Laser por enquanto é Bruno Fontes, no quinto lugar, com 11 pontos perdidos. Alex Veeren é o 50.º.

A outra classe que teve suas primeiras regatas nesta sexta-feira foi a Laser Radial, feminina. Odile Ginaid por enquanto é a melhor brasileira, com 40 pontos perdidos, no 37.º lugar. Fernanda Decnop vem um pouco atrás, na 41.ª colocação. Maria Cristina Boabaid foi desclassificada da última regata e ocupa o 115.º lugar entre 120 atletas.

Tanto na Laser quanto na Laser Radial o Mundial prevê 10 regatas classificatórias e uma medal race. Cada atleta tem direito a um descarte na fase de classificação. Até quarta-feira que vem, são previstas duas regatas por dia. A medal race é na quinta.