Para Marina, Neca Setubal está sendo 'satanizada'

Marina disse que há uma discussão que empobrece o avanço da consciência política

iG Minas Gerais | Da Redação |

A candidata à Presidência, Marina Silva (PSB), saiu em defesa da coordenadora do seu programa de governo, Maria Alice Setubal. A ex-ministra afirmou em evento no Rio que Neca, como é conhecida, está sendo "satanizada". Marina disse que há uma discussão que empobrece o avanço da consciência política. "Se criou um termo muito estranho, é a luta do bem contra a elite, numa visão equivocada do que é a elite de um País. A elite de um País não é quem tem dinheiro, não é quem tem poder. A elite de um país é quem pensa estrategicamente é quem é capaz de se comprometer com o interesse público, de ceder uma parte do seu interesse particular para favorecer o interesse de todos". Marina afirmou então que entre a elite desse País, nesse conceito, estão exemplos como Chico Mendes e Neca. "A Neca Setubal, por mais que esteja sendo satanizada por ser uma pessoa que tem dinheiro, é elite desse País preocupada com educação, tecnologia e inovação. A elite não é quem tem dinheiro, é quem tem pensamento estratégico", disse. A acionista do banco Itaú e educadora é a terceira maior doadora individual nestas eleições, segundo reportagem de hoje do jornal O Estado de S. Paulo. Até o começo de setembro, Neca havia dado R$ 2.010.200 a candidatos do PSB (16), PV (3), PDT (2) e PPS (1).

Leia tudo sobre: eleiçãoeleições2014marina silvaneca setubal