Allegri critica Chile: 'Escalaram Vidal antes da hora'

Para o treinador, o meia foi voltou aos gramados antes de se recuperar totalmente da lesão no joelho direito

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Arturo Vidal teve o joelho operado no início de maio e era dúvida para a lista final
REPRODUÇÃO/FIFA
Arturo Vidal teve o joelho operado no início de maio e era dúvida para a lista final

O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, criticou nesta sexta-feira a seleção chilena pelo tratamento dado ao meio-campista Arturo Vidal na última Copa do Mundo. De acordo com o treinador, o jogador foi escalado antes do momento devido, após se recuperar de uma contusão no joelho.

"No Mundial do Brasil, fizeram ele jogar somente depois de 30 dias, precipitando um pouco a preparação", declarou o treinador, que, no entanto, admitiu que a atual lesão de Vidal - um problema muscular no quadril - não tem nenhuma ligação com a contusão anterior.

Vidal passou por uma cirurgia no menisco do joelho direito no início de maio e viu sua participação na Copa ser colocada em risco. Mas o jogador atuou normalmente na competição, tendo participado de três dos quatro jogos chilenos no torneio, mesmo admitindo que sentia dores no local.

O tratamento dado a Vidal na Copa e a nova lesão muscular do jogador, que a sentiu quando atuava pelo Chile em amistoso diante do México, gerou uma certa crise entre a seleção e a Juventus. Massimiliano Allegri, no entanto, defendeu que os atletas atuem por seus países e botou panos quentes no assunto.

O treinador, no entanto, não poderá contar com o meio-campista para a segunda partida da Juventus no Italiano, contra a Udinese neste sábado. Vidal também perderá a estreia da equipe na Liga dos Campeões, contra o Malmö, na próxima terça-feira, em Turim.

TEVEZ - Para o confronto deste sábado, Allegri pode não ter também o atacante Carlitos Tevez. O jogador sentiu dores musculares durante a semana, garantiu não ter qualquer tipo de lesão, mas pode ser poupado justamente para o duelo diante do Malmö. "Falarei com Carlos. Ele está bem e quer jogar, mas quero saber dos riscos, se o mandarei a campo ou não. Devo pensar também na Liga dos Campeões", disse o técnico.

Leia tudo sobre: vidalseleçao chilena