Dilma e Marina oscilam e Aécio cresce em Minas

Segundo Datafolha, indecisos no Estado somam 9% e brancos e nulos 5%

iG Minas Gerais | DANIEL POLCARO |

Aécio Neves promete reduzir ministérios e dar atenção especial ao Nordeste
George Gianni/psdb
Aécio Neves promete reduzir ministérios e dar atenção especial ao Nordeste

De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta semana, a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) lidera a preferência dos mineiros com 33% das intenções de votos, seguida por Aécio Neves (PSDB) com 26% e Marina Silva (PSB) com 25%.

Apesar de tecnicamente empatados, o tucano cresceu quatro pontos na comparação com o levantamento anterior. Dilma e Marina oscilaram dois pontos, cada uma, para baixo. A pesquisa entrevistou 1.295 eleitores em 54 municípios mineiros nos dias 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Dilma é mais forte no interior (36%) do que na capital (22%). Aécio tem desempenho (31%) em Belo Horizonte superior a média no Estado. Marina aparece com 27% das intenções de voto em municípios com mais de 500 mil habitantes.

Pastor Everaldo (PSC) tem 1%. Os demais candidatos não alcançaram 1%. Indecisos somam 9% e brancos e nulos, 5%.

Análise

Marina Silva obtém suas maiores vantagens, sobretudo, entre os eleitores do ex-governador Aécio Neves (56% a 24%), entre os mais jovens (54% a 36%), entre os mais instruídos (60% a 29%), entre os que têm renda familiar mensal de mais de cinco a dez salários mínimos (54% a 33%), entre os moradores de BH e região metropolitana (50% a 33%), entre os moradores de municípios com mais de 500 mil habitantes (48% a 33%), entre os evangélicos pentecostais (51% a 38%) e entre os evangélicos não pentecostais (58% a 34%).

A candida petista obtém suas maiores vantagens entre os mais velhos (51% a 33%), entre os menos instruídos (53% a 35%), entre os mais pobres (49% a 37%), entre os moradores de municípios com até 50 mil habitantes (49% a 42%) e entre os católicos (47% 40%).

2º turno

A simulação para segundo turno do Datafolha indica empate técnico entre Marina e Dilma em Minas. A candidata do PSB passou de 42% para 44% e a petista de 44% para 43%. Brancos e nulos permaneceram em 8% e indecisos caíram de 6% para 5%.

Rejeição

A candidata petista lidera a taxa de rejeição no Estado, com 31% - na última pesquisa aparecia com 25%. Aécio Neves manteve os 25% e Marina Silva passou de 13% para 14%. 

Leia tudo sobre: dilmaaéciomarina silvadatafolhaeleições