Tio obriga sobrinha de 6 anos a beber cachaça para estuprá-la em MG

Crime aconteceu após criança chegar completamente bêbada na escola; suspeito foi preso, mas negou o crime

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 24 anos foi preso, nessa quinta-feira (11), suspeito de estuprar a sobrinha, uma menina de apenas 6 anos, em Verdelândia, no Norte de Minas. Para cometer os abusos, o jovem embriagava a vítima com cachaça.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o caso foi descoberto depois que uma conselheira tutelar da cidade acionou os militares. Ela contou que foi chamada pela supervisora da escola que a garota frequenta porque a menina estava bêbada na unidade de ensino.

Quando os policiais chegaram na instituição encontraram a menina visivelmente embriagada. Ela tinha hálito etílico, olhos avermelhados e não conseguia ficar em pé sozinha. A supervisora contou que a criança chegou na escola, na parte da manhã já com os sintomas. Porém, como a mãe dela estava trabalhando em outra cidade e não havia outro responsável legal pela estudante em Verdelândia, ela ficou na sala da supervisora.

Em conversa com os policiais, a vítima disse que tinha bebido cachaça forçada pelo tio. Essa situação acontecia, na versão da menor, constantemente. Em algumas vezes, após embriagar a sobrinha, o tio faltava ao serviço para introduzir os dedos na vagina da criança.

Depois dos abusos, o homem ameaçava bater na estudante caso a mãe dela, que é irmã do suspeito, ficasse sabendo. A menor também disse à corporação que o crime acontecia há muito tempo, mas não soube informar uma data precisa.

A menina foi levada pela conselheira para um hospital de Janaúba, na mesma região, já que se queixava de muito dor de cabeça e abdominal. Seu estado de saúde não foi divulgado. Ainda segundo a supervisora da escola, a aluna faltou algumas vezes do projeto que é realizado na instituição.

O suspeito foi preso em casa, após chegar do trabalho. Ele negou o crime, mas foi encaminhado à Delegacia de Janaúba para prestar esclarecimentos. 

Leia tudo sobre: estuprotiosobrinhaverdelândiacachaça