Em menos de seis horas, capital e Grande BH registram três homicídios

Uma das vítimas, um adolescente de 16 anos, foi baleado 13 vezes; o menor, segundo a família informou à polícia, seria usuário de drogas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A noite dessa quinta-feira (11) e o início da madrugada desta sexta-feira (12) foram marcadas pela violência em Belo Horizonte e Ribeirão das Neves, na região metropolitana da capital.  De acordo com a Polícia Militar, em menos de seis horas, três assassinatos foram registrados nas duas cidades. Em todos os casos, autoria e motivação do crime são desconhecidos.

O primeiro registro aconteceu no bairro Nova Cachoeirinha, na região Nordeste de BH, onde Ronaldo Alves Rodrigues, de 46 anos, foi assassinado com vários tiros na rua Antônio do Desterro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima não resistiu aos tiros na cabeça. O homem morreu perto de casa, mas seus familiares não souberam informar quem teria disparado contra Rodrigues.

No bairro Dom Bosco, na região Noroeste da capital, Fabiano de Andrade, de 37, foi executado dentro de um bar da rua Marataízes. A vítima foi atingido nas costas e morreu no local do crime. Populares disseram aos militares do 34º que o atirador fugiu a pé.

As duas ocorrências foram encerradas na Central de Flagrantes 2 (Ceflan).

Por fim, na madrugada desta sexta, Daniel Washington Barros Gonçalves, de 16, foi morto com 13 tiros na avenida Copacabana, no bairro Urca, em Ribeirão das Neves, na Grande BH.

A família do adolescente não soube informar a motivação do crime, mas afirmou aos policiais que o menor era usuário de drogas. A ocorrência foi encerrada na delegacia da cidade.

Todos os casos serão investigados pela Polícia Civil.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave