Açúcar e chocolate não viciam, e sim o próprio ato de comer, afirma pesquisa

Alimentação seria a própria recompensa, independentemente da comida

iG Minas Gerais | Da Redação |

Chocolate não seria o responsável pelo vício, mas o ato de comer simplesmente
arquivo stockxpert
Chocolate não seria o responsável pelo vício, mas o ato de comer simplesmente

Não é o açúcar ou o chocolate que nos deixam viciados, mas o próprio ato de comer, afirmam pesquisadores da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido.

O novo estudo aponta que os nossos hábitos pouco saudáveis de alimentação estão relacionados à compulsão para comer devido ao prazer e à satisfação que conseguimos por meio da comida. Os cientistas afirmam que comer em exagero é uma desordem comportamental – da mesma forma que faz com que as pessoas que gostam de jogos voltem a apostar continuamente.

Assim, eles sugerem que, em vez de nos preocuparmos com ingredientes específicos, deveríamos focar as razões que levam as pessoas a comerem em exagero, buscando soluções para esses casos.

Segundo o doutor John Menzies, “as pessoas tentam encontrar explicações racionais para justificar o excesso de peso, e é mais fácil culpar a comida”.

Em reportagem do jornal britânico “The Guardian”, os pesquisadores consideram que mais alternativas para tratamento de obesidade e sobrepeso poderiam surgir caso a situação fosse encarada como um vício relacionado ao comportamento, não à substância ingerida.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave