Físico britânico e Intel criam cadeira de rodas ‘inteligente’

Item mede pressão arterial, batimentos cardíacos e até temperatura corporal

iG Minas Gerais | Da redação |

Cientista. Portador da doença Lou Gehrig, Hawking tem mobilidade reduzida
Sarah Lee/Science Musem/Ho/ap - 5.1.2012
Cientista. Portador da doença Lou Gehrig, Hawking tem mobilidade reduzida

A Intel anunciou nesta semana, em parceria com o físico Stephen Hawking, uma cadeira de rodas inteligente. Portador de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA – ou doença Lou Gehrig), Hawking tem mobilidade reduzida e depende de cadeiras de rodas especiais. Trabalhando há cerca de uma década junto com a Intel, ele resolveu apresentar o novo protótipo da empresa.

Desenvolvida pelo departamento de “Internet das Coisas” da companhia, a cadeira de rodas recolhe e analisa informações biométricas do usuário, que são exibidas em telas sensíveis ao toque.

Ela é capaz de fazer um acompanhamento da saúde da pessoa com medidores de temperatura corporal, batimentos cardíacos e pressão sanguínea. Isso tudo além de informar o status da cadeira propriamente, como máquina.

Segundo o site The Verge, Com a cadeira da Intel, o usuário consegue analisar rapidamente as condições de acessibilidade do local onde está.

“Por meio do programa Intel Collaborators (colaboradores), uma equipe de engenheiros da Intel desenhou uma plataforma que pode transformar cadeiras de roda em máquinas conectadas movidos a dados”, afirmou a empresa por meio de um comunicado.

Em um vídeo de divulgação da ideia inovadora, Hawking desafia todos a “trazerem as mudanças que querem para o mundo”.

“Eu vivo minha vida na fronteira, forçando os limites não só da ciência, mas do que meu corpo pode fazer”, afirmou o físico britânico, que mantém uma relação com a Intel desde 1997, quando a empresa financiou o desenvolvimento da cadeira usada pelo astrofísico.

“Um cadeirante pode agora monitorar informações importantes sobre sua saúde, a situação da sua cadeira de rodas e a acessibilidade de lugares que visitam mudando significativamente seu dia a dia”, afirmou Hawking.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave