Empresa deve apresentar plano para evitar rompimento de outra barragem

Trabalhos do segundo dia de busca foram suspensos no fim da tarde desta quinta-feira; uma pessoa segue desaparecida

iG Minas Gerais | Bruna Carmona e Jhonny Cazetta |

Mineradora Herculano, em Itabirito, onde aconteceu acidente que deixou mortos e feridos - Alex de Jesus/O Tempo - 10/9/2014
Alex de Jesus / O Tempo
Mineradora Herculano, em Itabirito, onde aconteceu acidente que deixou mortos e feridos - Alex de Jesus/O Tempo - 10/9/2014

A empresa responsável pela barragem de rejeitos que se rompeu e causou o acidente que matou pelo menos duas pessoas nessa quarta-feira (10), em Itabirito, na região Central do Estado, deve apresentar um plano de obras emergencial para evitar o rompimento de outra barreira na região até a manhã desta sexta-feira (12). A determinação foi feita pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente. As obras de contenção na barragem B3, que está sendo monitorada pelos bombeiros, devem ser iniciadas também nesta sexta-feira.

O segundo dia de buscas por vítimas do acidente foi encerrado por volta das 18h desta quinta-feira (11) e devem ser retomadas com a ajuda de um aparelho chamado GPR, que vai escanear a área afetada e mostrar o que é minério e o que é material orgânico. Com isso, os militares esperam encontrar Adilson Aparecido Batista, de 44 anos, que ficou soterrado e segue desaparecido.

O acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por causa do rompimento de uma barragem, que estava desativada e onde era depositado o resto de lavagem do minério. Uma grande quantidade de rejeitos atingiu os operários e seus veículos - três caminhões, um Uno e duas retroescavadeiras. No momento do acidente, os funcionários faziam manutenção no local. Além dos quatro soterrados, dois operários conseguiram sair sem ferimentos.

Os mortos são o topógrafo Reinaldo da Costa Melo, de 68 anos, e o operário Cristiano Fernandes Silva, 32. Geraldo Moreira, 42, recebeu alto do Hospital João XXIII na tarde dessa quarta-feira (10). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave