Com 8 desfalques, Bahia tenta parar o líder Cruzeiro

Atual lanterna do Brasileirão, a equipe baiana vai encarar a Raposa com esquema tático bem defensivo; treinador Gilson Kleina vai escalar três volantes para tentar conter o ataque celeste

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação
undefined

Precisando somar pontos para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro - iniciou a 20.ª rodada na penúltima posição, com 17 pontos -, o Bahia enfrenta o líder Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, sem poder contar com oito dos jogadores que vinham sendo escalados.

Quatro deles - o lateral-esquerdo Pará, o volante Uelliton e os atacantes Kieza e Henrique - receberam o terceiro cartão amarelo no empate com o Coritiba por 0 a 0, no último domingo, e cumprem suspensão automática. Já o zagueiro Demerson, o meia-atacante Marcos Aurélio e os laterais-direitos Diego Macedo e Roniery estão lesionados.

Com tantos desfalques e diante da melhor equipe da competição, o técnico Gilson Kleina montou uma equipe para tentar se defender e explorar os contra-ataques, com três volantes no meio de campo - Fahel, Rafael Miranda e Léo Gago - e três atacantes rápidos: Rafinha, Rhayner e Maxi Biancucchi. "O Bahia tem um grupo qualificado, que está preparado para a partida e vai tentar buscar um resultado positivo, não importa quem jogue", disse o lateral-direito Railan, entra na vaga de Diego Macedo.

Leia tudo sobre: bahiagilson kleinacruzeirocampeonato brasileiroz4