Dorival destaca importância da vitória no Pacaembu

Treinador não quer euforia e sim trabalho dentro de campo; Palmeiras consegue o seu primeiro triunfo desde que completou cem anos, no final de agosto

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Atlético/Divulgação
undefined

O técnico do Palmeiras, Dorival Junior, classificou a vitória da equipe por 1 a 0 sobre o Criciúma, nesta quarta-feira, pelo Brasileirão, como uma espécie de pedra fundamental para o time começar a construir sua reação dentro da competição. O resultado no Pacaembu foi a primeiro triunfo do clube desde que completou cem anos, no fim de agosto, e serviu para abrir a vantagem de um ponto para a zona de rebaixamento.

Até o começo da partida o Palmeiras era o 16.º colocado, posição de limite à área de descenso, com a mesma pontuação da equipe catarinense, que vinha em 17º. Agora o Palmeiras já é o 15.º. "Ou nós fazíamos o resultado, ou ele ia influir no rendimento do grupo. Demos um primeiro passo, mínimo, e vamos melhorar mais", disse após a partida. "A confiança do grupo vai voltar a qualquer momento", garantiu.

O técnico explicou que sentiu o time muito ansioso no começo da partida e reconheceu que a atuação esteve longe de ser a ideal. "Temos que reconhecer que não estamos em um bom momento, vivemos uma fase de risco. Um resultado negativo colocava por terra o início de uma recuperação. Temos que reconhecer que não foi um resultado bonito e vistoso", afirmou. O gol da vitória só saiu aos 36 minutos do segundo tempo, com o argentino Cristaldo.

Dorival disse ser impossível garantir para o torcedor palmeirense que o time irá jogar bonito e descartou a acomodação da equipe após o resultado positivo contra o Criciúma. "A euforia é importante, mas já acalmou. Estamos em débito, nosso saldo é negativo. Na rodada seguinte, se deixarmos de pontuar, já voltaremos a uma situação complicada. Temos que buscar o distanciamento (da zona de rebaixamento) o mais rápido possível" comentou.  

Leia tudo sobre: palmeirascriciumacampeonato brasileiro