Patric faz três, Sport bate Santos e entra na briga pelo G-4

Lateral com histórico no futebol mineiro desencantou e garantiu o triunfo do Leão da Ilha, que ficou a três pontos do quarto colocado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

PE - BRASILEIRÃO/SPORT X SANTOS - ESPORTES - Patric, do Sport, comemora após marcar gol na partida contra o   Santos, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, na   Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), nesta quarta-  feira.   10/09/2014 - Foto: ALDO CARNEIRO/ESTADÃO CONTEÚDO
ESTADÃO CONTEÚDO
PE - BRASILEIRÃO/SPORT X SANTOS - ESPORTES - Patric, do Sport, comemora após marcar gol na partida contra o Santos, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), nesta quarta- feira. 10/09/2014 - Foto: ALDO CARNEIRO/ESTADÃO CONTEÚDO

No jogo em que quem vencesse entraria na briga pelo G-4 do Campeonato Brasileiro - o grupo dos classificados à próxima Copa Libertadores -, o Sport se deu melhor em cima do Santos. Em uma noite inspirada do lateral/meia Patric, autor de três gols, o time pernambucano venceu por 3 a 1, nesta quarta-feira, na Arena Pernambuco, no Recife, pela 20.ª rodada.

Agora com 31 pontos, o Sport subiu para a sétima colocação e está apenas três pontos atrás do Grêmio, o quarto colocado. Fora de casa, em Chapecó (SC), no sábado, contra a Chapecoense, tentará ficar ainda mais perto do G4. Já o Santos, estacionado nos 26 pontos no meio da tabela de classificação, encara o Coritiba, na Vila Belmiro, também no sábado.

O time do técnico Enderson Moreira, que perdeu a primeira em seu segundo jogo no comando santista, pode até reclamar da arbitragem por ter anulado um gol legal de Gabriel, que lhe daria um empate parcial com o Sport. Mas não pode reclamar do castigo que levou na derrota por 3 a 1. Afinal, levou três gols de um lateral-direito, Patric, que no segundo tempo jogou como um meia ofensivo, consequência de falhas incríveis de marcação.

O Santos até saiu na frente no placar em um belo gol de Thiago Ribeiro, aos 24 minutos de jogo. Estava bem em campo e não levava sustos em sua defesa. Isso até o final da etapa, quando um cruzamento despretensioso da direita encontrou o lateral-direito Patric dentro da área, que jogou como um centroavante nato e cabeceou certeiro, para o chão, sem chances para Aranha.

Para o segundo tempo, o técnico Eduardo Baptista resolveu apostar na qualidade ofensiva de Patric e o deslocou para o meio de campo mais avançado para jogar no lugar de Érico Júnior, substituído por Vítor. A mudança não poderia ter dado mais certo. Aos 7 minutos, em um lançamento de Durval, lá estava Patric na área, como um centroavante, para chutar de primeira no canto direito baixo de Aranha e fazer o seu segundo gol no jogo.

Em desvantagem, o Santos foi para cima e Gabriel, que entrou com o time já perdendo, teve dois gols anulados. Um corretamente, que levou o zagueiro David Braz à loucura porque seu chute entraria no gol sem a sua intervenção. Outro em posição legal, já que o assistente errou ao marcar impedimento de Leandro Damião no início da jogada.

Na base do contra-ataque, o Sport se deu bem no final. Aos 45 minutos, mais uma vez Patric estava na jogada. Ele recebeu pelo meio, avançou até entrar na área e, mesmo marcado por Arouca, chutou rasteiro e cruzado no canto direito de Aranha para decretar a vitória pernambucana.

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 x 1 SANTOS

SPORT - Magrão; Patric, Durval, Ferrón e Renê; Wendel (Ronaldo), Rithely, Danilo e Ibson (Augusto); Felipe Azevedo e Érico Júnior (Vítor). Técnico: Eduardo Baptista.

SANTOS - Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz (Serginho) e Zé Carlos; Arouca, Alan Santos (Gabriel), Souza e Lucas Lima; Leandro Damião e Thiago Ribeiro (Rildo). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Thiago Ribeiro, aos 24, e Patric, aos 40 minutos do primeiro tempo; Patric, aos 7 e aos 45 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Danilo, Vítor, Wendel, Renê e Ibson (Sport); Alan Santos (Santos). ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ). RENDA - Não disponível. PÚBLICO - 14.856 pagantes. LOCAL - Arena Pernambuco, no Recife (PE).

Leia tudo sobre: sportsantosg-4futebolbrasileiro