Justiça eleitoral proíbe propaganda de Eduardo Suplicy

O juiz auxiliar do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo Cauduro Padin proibiu nesta quarta (10) a veiculação de uma propaganda do candidato ao Senado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

José Cruz/ABr
undefined

O juiz auxiliar do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo Cauduro Padin proibiu nesta quarta (10) a veiculação de uma propaganda do candidato ao Senado Eduardo Suplicy (PT) em que dados de uma pesquisa eleitoral são apresentados em desacordo com a legislação.

A lei determina que, na divulgação, constem o período de realização da pesquisa, a margem de erro e o nível de confiança --o que não acontecia na publicidade do senador petista.

A representação foi proposta pelo adversário José Serra (PSDB). Cabe recurso ao plenário do TRE. Segundo o último levantamento do Datafolha, Serra tinha 35% das intenções de voto contra 32% de Suplicy. A margem de erro da pesquisa é de pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave