Ana Botín é eleita nova presidente do Santander

O conselho de administração do Santander elegeu por unanimidade Ana Patricia Botín como nova presidente do banco, após a morte de seu pai, Emilio Botín

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O conselho de administração do Santander elegeu por unanimidade Ana Patricia Botín como nova presidente do banco, após a morte de seu pai, Emilio Botín. A informação está em comunicado enviado para a Comissão Nacional de Mercado de Valores espanhol.

"Ela é a pessoa mais idônea, dadas suas qualidades pessoas e profissionais, sua experiência, sua trajetória no grupo e seu unânime reconhecimento nacional e internacional", diz a nota.

No comunicado, Ana Botín, que liderava os negócios do Santander no Reino Unido, agradeceu a confiança do conselho de administração em "um momento tão difícil" para a família.

"Assumo com total compromisso minhas novas responsabilidades. Durante anos, trabalhei no grupo Santander em diferentes países e pude comprovar a enorme qualidade e dedicação de todas nossas equipes", disse.

Trajetória

Ana Patricia Botín foi nomeada conselheira do banco pela primeira vez em fevereiro de 1989. Desde 1992, ela é diretora geral da instituição e atualmente era conselheira delegada da filial do Santander no Reino Unido.

Entre 2002 e 2010, a filha de Emilio Botín foi presidente executiva do Banesto, banco espanhol comprado pelo Santander em 1994, antes de ir para a Inglaterra. Além disso, Ana Botín também é conselheira da Coca-Cola.

O Santander do Reino Unido afirmou que seu conselho se reunirá na próxima semana para escolher um novo presidente-executivo. O banco informou que Nathan Bostock, vice-presidente do Santander no Reino Unido, que entrou para a instituição no mês passado, será responsável por supervisionar as operações e a estratégia na fase de transição. Bostock é considerado o favorito para suceder Ana Botín.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave