De olho em nova chance, Goulart valoriza experiência na seleção

Um dos destaques do Cruzeiro fez sua estreia pelo escrete canarinho e quer manter nível de atuação na Raposa para ser lembrando novamente

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Ricardo Goulart fez a sua estreia na seleção brasileira no duelo com o Equador, nessa terça-feira
RAFAEL RIBEIRO/ CBF
Ricardo Goulart fez a sua estreia na seleção brasileira no duelo com o Equador, nessa terça-feira

O meia-atacante cruzeirense Ricardo Goulart fez sua estreia com a camisa da seleção brasileira, nessa terça-feira. Ele entrou no segundo tempo da vitória sobre o Equador por 1 a 0, em amistoso disputado no MetLife Stadium, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e obteve até uma oportunidade de balançar as redes, mas foi travado pela defesa rival na hora da conclusão.

Atuando ao lado do companheiro Everton Ribeiro, Goulart buscou se movimentar, dando opção de passe aos companheiros a partir da intermediária, se deslocando pelas pontas e chegando ao ataque como um elemento surpresa. A entrega foi válida, mas a inspiração da seleção brasileira na segunda etapa esteve longe da ideal, muito por conta da pressão, pelo menos teórica, exercida pelos equatorianos. 

No entanto, para Ricardo Goulart, a experiência de defender a seleção brasileira foi única, principalmente por poder agregar em sua carreira os ensinamentos do "professor" Dunga, treinador que assume o escrete canarinho pela segunda vez em sua curta carreira à beira dos gramados.

"Foi bem tranquilo, o Dunga é um grande campeão. E também conviver com grandes jogadores da seleção foi um privilégio, uma honra para mim. Agora é descansar, focar no Campeonato Brasileiro, para depois pensar em uma nova convocação", afirmou o jogador, um dos artilheiros do Brasileirão.

E se depender de Goulart, as convocações não vão parar por aí. O meia-atacante promete foco total no Brasileiro, torneio em que o Cruzeiro é líder e busca o tetracampeonato, para voltar a ser lembrado pelo comandante brasileiro.

"Pretendo voltar (à seleção). Agora tenho que dar continuidade no Cruzeiro, seguir com um futebol de alto nível também para ajudar meus companheiros e depois pensar em uma nova convocação", concluiu Goulart.  

Leia tudo sobre: ricardo goulartestreiaseleçao brasileiraquervoltartimecruzeiro