Pimenta defende Copasa e cita "divergências" com prefeituras

Candidato do PSDB rebate acusações de Fernando Pimentel de que o fornecimento de água estava sendo interrompido em BH

iG Minas Gerais | LARISSA ARANTES E DANIEL POLCARO |

Em encontro na manhã desta quarta, 10, com esportistas e representantes da área de Educação e Cultura, no Minas Tênis Clube II, no bairro Mangabeiras, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, o candidato do PSDB a governador, Pimenta da Veiga, defendeu a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) das acusações de "racionamento camuflado". O órgão nega.

Pimenta rebateu a declaração do principal concorrente, Fernando Pimentel (PT), de que o fornecimento de água em alguns bairros da capital estava sendo interrompido e falou da necessidade de mais investimentos no setor. "A Copasa é qualificada para isso [fazer o abastecimento]. O que há, às vezes, é divergência com as prefeituras". E completou: "Se tiverem outra ideia...".

Fernando Pimentel, em visita nesta terça, 9, a Pará de Minas, disse que a situação hídrica não só da capital, mas também do município da região Central do Estado, é resultado da incompetência da companhia.

“A Copasa teve o contrato de concessão com Pará de Minas por 30 anos ou mais e foi incapaz de fazer um reservatório que garantisse o abastecimento de água nos períodos de escassez, como agora", afirmou.

PESQUISAS

Sobre os resultados das últimas pesquisas eleitorais, que mostram isolamento de Fernando Pimentel na primeira posição, Pimenta disse que aposta no "alto número de indecisos".

Leia tudo sobre: pimenta da veigafernando pimenteleleições