Atlético-PR enfrenta o Grêmio em busca de recuperação

Uma vitória em Porto Alegre pode ajudar o Furacão a subir na tabela de classificação; o lateral-esquero William Rocha deve jogar improvisado na zaga e o atacante Delatorre também deve ser titular no ataque

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Afastado do grupo juntamente com o zagueiro Manoel - que continua fora - o goleiro volta na vaga de Santos, que atuou nas duas primeiras rodadas.
Gustavo Oliveira / Atlético-PR
Afastado do grupo juntamente com o zagueiro Manoel - que continua fora - o goleiro volta na vaga de Santos, que atuou nas duas primeiras rodadas.

O Atlético Paranaense tenta nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro, colocar um fim à série de resultados negativos. O time rubro-negro, que está em 11.º lugar com 25 pontos, empatou contra o Palmeiras na última rodada dentro de casa e chegou a ser vaiado pela torcida no final da partida.

Para este jogo, o técnico Claudinei Oliveira deve fazer duas mudanças entre os titulares. O zagueiro Dráusio sofreu micro lesões no rosto, após um choque com o goleiro Fábio, e será poupado por precaução médica. Em seu lugar, o treinador deve improvisar William Rocha. Já o atacante Cléo está com uma lesão muscular e deve dar sua vaga para Delatorre. Na zaga, o clube anunciou a chegada do zagueiro Gustavo, que estava no rival Paraná.

O goleiro Wéverton falou sobre a importância de uma vitória sobre o Grêmio e quer repetir o placar alcançado no primeiro turno. "Queremos voltar a vencer o mais rápido possível, independentemente do adversário. Sabemos que é um campeonato equilibrado e que não tem jogo fácil. O Grêmio está em um momento bom depois da chegada do Felipão. Mas vamos procurar o resultado porque é importante voltar a vencer", afirmou ao site oficial do clube.

Para isso, Wéverton ressalta os cuidados que a sua equipe deve tomar na capital gaúcha. "O Grêmio é um time rápido do meio para frente e que tem jogado muito bem em casa. É compacto e bem armado. Então, temos que ver estes pontos e saber que será um jogo difícil", avaliou.  

Leia tudo sobre: atletico-prgremiocampeonato brasileiro