Marido mata homem que estava perseguindo sua companheira em Araxá

Após o crime, suspeito, que estava com uma perna quebrada, abandonou as muletas e fugiu para a casa

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um jovem de 19 anos foi preso após matar um homem que estava seguindo sua mulher em Araxá, no Alto Paranaíba, nessa terça-feira (9). Mesmo com uma das pernas quebrada, o suspeito cometeu o crime, abandonou as muletas e fugiu correndo.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Edmar Eufrásio, de 45 anos, foi morto com uma facada no momento em que estava na avenida Doutor Atílio Colombo, no bairro Urciano Lemos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionada, mas o homem não resistiu ao ferimento.

Um policial que estava à paisana viu o agressor sair correndo após deixar uma faca na lixeira. Ele seguiu o suspeito, que tentou se esconder em casa. Ao ser questionado, o jovem confessou o crime e disse que, em datas anteriores, sua mulher contou que estava sendo perseguida por um homem quando deslocava de seu imóvel para a escola.

O bandido chegou a procurar por Eufrásio para tirar satisfações, mas não o encontrou. Dias depois, a vítima teria visto o casal se beijando e iniciou uma briga. Ainda segundo a versão do agressor, nessa terça,  o homem o ameaçou de morte.

Com medo de ser morto, o autor da agressão foi até em casa, pegou uma faca e colocou dentro de uma mochila. Quando foi levar o sobrinho de 8 anos na escola, ele encontrou com o desafeto, que teria o empurrado primeiro. Em seguida, o criminoso agrediu a vítima.

Após contar a história para a polícia, o suspeito foi encaminhado a uma delegacia e segue à disposição da Justiça.

Fugiu com a perna quebrada

O suspeito, que estava com a perna quebrada, dispensou as muletas após cometer o crime. Durante a fuga, ele fraturou novamente o membro e precisou ser levada para um pronto atendimento. 

Leia tudo sobre: ARAXÁPASSIONALMARIDO