Brasil começa segunda fase do Mundial contra a Bulgária

Líder do grupo F e invicto na competição, equipe entra em quadra às 11h40, e ainda pegará China, Canadá, e os carrascos da Rússia

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

A invicta seleção brasileira volta às quadras nesta quarta depois de fechar os cinco primeiros jogos da fase inicial com cinco vitórias e dar um passo rumo ao tetracampeonato do Mundial. Os comandados de Bernardinho enfrentam a Bulgária, às 11h40 (horário de Brasília), na Polônia, e dão início à nova fase da competição.

Com uma grande rotatividade na equipe, o Brasil se deu bem e espera repetir o feito para surpreender seus adversários. China, Canadá e a carrasca Rússia estão na lista brasileira esta semana.

“Ter um grupo completo sempre foi uma arma da seleção brasileira. Todos estão preparados e isso é fundamental, principalmente em um Mundial, que é um campeonato muito longo. Aqui, podemos usar os 14 jogadores e o nível continua o mesmo. O grupo entende muito bem isso e todos estão prontos para dar sua contribuição”, contou o levantador Rapha, que substituiu Bruninho nas últimas partidas.

Todos os quatro confrontos do Brasil nesta etapa acontecerão no mesmo horário. A seleção joga dois dias seguidos, folga a sexta, em que não haverá nenhum jogo pelo Mundial, e completa suas duas partidas no fim de semana. Sem dúvida o maior desafio será o reencontro com os “gigantes” da Rússia, mas os jogadores já pedem mais atenção diante dos búlgaros.

“Contra a Bulgária, conseguimos jogar muito bem em um amistoso que fizemos recentemente. Mas é um adversário que vem muito forte no saque e temos que estar muito atentos”, disse Lucão.

"A Bulgária tem um time muito forte fisicamente e é uma estreia na segunda fase complicada. Por isso, esse se torna um resultado importante. É um segundo passo bem difícil e o primeiro degrau é a Bulgária", completou Bernardinho.