Para defender companheira, homem mata mãe a facadas no interior de MG

Atrito entre sogra e nora estava acontecendo há cerca de seis meses; após matar a vítima, suspeito ainda furtou R$ 400 do pai para fugir

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

No meio de uma briga em família, um homem de 35 anos resolveu ficar do lado da mulher e assassinou com duas facadas no pescoço a própria mãe, nessa segunda-feira (8), em São Pedro dos Ferros, na Zona da Mata mineira. Nora e sogra viviam em atrito há cerca de seis meses.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o crime aconteceu na casa em que a vítima, Maria Helena Basílio da Silva, vivia com o marido, localizada na rua Luiz Augusto de Souza, no distrito de Águas Férreas.

Ao ser preso, o suspeito contou à corporação que chegou na casa da mãe e a encontrou sozinha preparando almoço. Eles chegaram a conversar, mas, durante o início de um atrito verbal, a dona de casa teria dito: “Se não gosta de mim, por que vem aqui?”. Nesse momento, o agressor ficou nervoso, esperou sua mãe virar de costas, pegou uma faca e a atingiu com dois golpes.

Ainda na versão do homem, Maria Helena deu um gemido e caiu no banheiro. Após o crime, o homem pegou alguns objetos pessoas, fugiu por um matagal, mas foi preso às margens da BR-262 e confessou o crime. Ele tinha a intenção de fugir para a cidade de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O pai do suspeito chegou contou aos militares que o filho na casa ao lado da dele com a companheira e uma filha. No Carnaval, sogra e nora teriam discutido e, desde então, as brigas eram constantes.

Ainda segundo o homem, a mulher do suspeito está fora de casa há uma semana. Ela teria ido para o município vizinho de Abre Campo. O sogro, que passou mal e precisou receber atendimento médico, não soube informar se o homicídio já fazia parte dos planos do casal.

Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o agressor foi encaminhado à Delegacia de Ponte Nova. Conforme o delegado responsável pelo caso, Diogo Jorge, ele será indiciado por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Após prestar depoimento, o suspeito foi levado para o Complexo Penitenciário de Ponte Nova. O delegado vai pedir a prisão preventiva dele.

Além de matar mãe, furtou R$ 400 do pai

Para fugir da polícia após assassinar a própria mãe, o suspeito furtou R$ 400 em dinheiro do pai. Depois de deixar o corpo de Maria Helena no chão do banheiro, o criminoso foi até o quarto dos pais e pegou a quantia, que estava na carteira do homem de 58 anos.

Com a prisão do suspeito, o dinheiro do casal foi recuperado. Segundo a funerária de Abre Campo, o corpo da dona de casa está no Instituto Médico Legal de Ponte Nova (IML) e ainda não há informações de horário e local de sepultamento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave