Cerveró depõe nesta terça na comissão mista

A estimativa da PF é de que, somente nesta obra da Abreu e Lima, tenham sido desviados cerca de R$ 400 milhões

iG Minas Gerais |

Brasília. Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista que investiga denúncias de irregularidades na Petrobrás deve ouvir nesta quarta o ex-diretor da área internacional da estatal Nestor Cerveró. O depoimento está previsto para ocorrer a partir das 14h30. Um dos temas a ser abordado é denúncia de que ele teria repassado imóveis a parentes depois de o caso Pasadena ter ganhado vulto. Cerveró é considerado o principal articulador da compra da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), pela Petrobrás.  

Recentemente, Cerveró afirmou que a condução do processo da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, era de responsabilidade do ex-diretor Paulo Roberto Costa, preso pela Polícia Federal durante a operação Lava Jato. Em depoimento prestado para a Justiça Federal do Paraná, o ex-diretor contou que Paulo Roberto indicou membros da comissão da licitação da refinaria.

Refinaria. A Abreu e Lima é uma das obras suspeitas de integrarem um esquema de desvio de recursos e lavagem de dinheiro investigado pela operação Lava Jato. Investigações da Polícia Federal indicam que Costa ajudou empresas de fachada do doleiro Alberto Youssef a fechar contratos com a Petrobrás, incluindo a refinaria Abreu Lima.

A estimativa da PF é de que, somente nesta obra da Abreu e Lima, tenham sido desviados cerca de R$ 400 milhões.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave