Já em BH, minastenistas celebram tetra do Troféu José Finkel

Ao todo, o clube mineiro já acumula nove títulos da tradicional disputa da natação brasileira

iG Minas Gerais | Diego Costa |

Esportes - Belo Horizonte - MG
Nadadores do Minas sao campeoes do trofeu Jose Finkel

FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 08.09.2014
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Esportes - Belo Horizonte - MG Nadadores do Minas sao campeoes do trofeu Jose Finkel FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 08.09.2014

Pelo quarto ano seguido, o Minas Tênis Clube nadou de braçada no Troféu José Finkel. Em Guaratinguetá, a Fiat/Minas conquistou o tetracampeonato da competição. E na manhã desta segunda-feira, grande parte da equipe esteve no Parque Aquático I para comemorar mais uma conquista. 

O XLIII Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação/Troféu José Finkel foi realizado até o último sábado e foi uma das seletivas para o 12º Campeonato Mundial, em dezembro, em Doha, no Catar, também em piscina de 25 metros. Ao todo, os minastenistas somaram 2.945 pontos e 43 medalhas (19 de ouro, 13 de prata e 11 de bronze). A hegemonia mineira começou em 2011. O Minas acumula nove títulos da tradicional competição. 

Um dos grandes destaques foi Cesar Cielo. O medalhista olímpico conquistou o ouro nos 50m livre (20s72) e foi o melhor nos 100m livre (46s08), ambos com índice para o Mundial. A prata nos 50m borboleta (22s46) também rendeu índice para o atleta. Além disso, também atingiu a marca classificatória com a equipe do revezamento 4x50m livre (1m25s29), ao lado de Felipe Martins,  Fernando Silva e Ítalo Manzine. Cielo ainda chegou ao ouro no revezamento 4x100m livre (3m08s24). Ele não esteve no clube nesta segunda. 

Outros nomes também se deram bem no interior paulista, como o medalhista de ouro Marco Macedo, nos 100m borboleta (50s06). Com a prata, três nadadores também atingiram índice para a competição em Doha, como Nicolas Oliveira, Felipe Lima e Henrique Martins. Manuella Lyrio, com o bronze nos 200m livre, foi mais uma a conquistar a marca para o Mundial. 

O capitão da equipe, Fernando Silva, ressaltou o resultado alcançado pelo grupo. 

"O clube vem conseguindo resultados fantásticos ao longo dos anos. O Minas tem uma estrutura fantástica, eu estive outro clubes do exterior e conheço bem, sei que é a melhor. Eu já estou caminhando para o fim da minha carreira, mas as equipes que estão chegando, com as condições que têm, estão dando resultados também", destacou Silva. 

Quem também estava satisfeito com o desempenho era Miguel Valente, que teve o melhor tempo nos 800m livre (7m44s84). 

"Ainda não da para acreditar. É um sonho, é meio surreal. Ainda não acredito que consegui esta marca. É super importante vencer uma competição como o Finkel. É bom saber que estou no caminho certo", disse Valente. 

Com três ouros e uma prata no José Finkel, Carolina Bergamaschi, comemorou a oportunidade de ajudar o clube a chegar ao quarto título seguido. 

"Por ter feito parte da conquista, com certeza é muito importante. Tanto para o clube, mas para gente também. Porque é uma história, quatro títulos seguidos não é qualquer um que consegue fazer isso. Todo mundo se dedicou ao máximo e deu o seu melhor, o que não seria possível sem a estrutura que temos, diferenciada e de alto nível", comentou. 

O técnico Scott Volkers afirmou que a experiência dos atletas renomados foi importante para alavancar a equipe na competição. 

"Estou satisfeito, principalmente com a performance dos grandes nomes, que estão nadando bem. Eles nos ajudaram muito no resultado, pois influenciou no restante do grupo", completou. 

Jovens talentos

Mas o destaque não ficou somente para os consagrados nadadores minastenistas. Os mais jovens também tiveram o reconhecimento do grupo, como afirma Carolina. 

"A geração nova está vindo com força. Sempre tem isso, vai renovando. E os mais novos já estão chegando com essa força. E quando tiver com uns 25 anos, com certeza estará muito melhor do que está agora. 

Fernando Silva agradeceu o suporte aos mais novos e mostrou confiança na nova geração. 

"Eu peço que continue dando este apoio, pois é muito importante. Acreditamos que é um grupo que vai chegar, e torcemos para sempre ter esse apoio do clube". 

O próprio técnico Scott revelou que se surpreendeu com a atuação dos jovens no José Finkel. 

"Foi muito bem, até acima do esperado. A equipe encarou uma competição de piscina curta, que é muito boa. Serve como uma boa preparação para outras disputas internacionais", finalizou.