Cruzeiro alcança maior vantagem para segundo lugar nos pontos corridos

Campeã do primeiro turno do Brasileirão, a Raposa chegou aos 43 pontos e abriu sete de diferença para o segundo lugar

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Jogadores comemoraram juntos o gol que facilitou a vida do Cruzeiro no jogo
douglas magno
Jogadores comemoraram juntos o gol que facilitou a vida do Cruzeiro no jogo

A campanha do Cruzeiro no primeiro turno do Brasileirão está recheada de recordes. A Raposa conseguiu alcançar 43 pontos, alcançando a mesma a marca do Atlético em 2012, mas com uma peculiaridade: tem sete pontos de diferença para o segundo lugar, o São Paulo. O último recorde era justamente do Tricolor Paulista, que, em 2007, terminou o primeiro turno com seis pontos de diferença para o então vice-líder e foi campeão nacional naquela edição. Em 2008, o Grêmio também tinha uma boa vantagem para o segundo colocado: cinco pontos de diferença para o Cruzeiro, mas acabou não ficando com o título naquele ano, que teve o São Paulo como vencedor, após tirar oito pontos de diferença para o líder.

Após o empate por 3 a 3 com o Fluminense, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro alcançou também a sequência de 18 jogos sem perder na temporada. A maior desde que o técnico Marcelo Oliveira assumiu o time, no início de 2013. Por essa regularidade, a Raposa fechou o turno do Brasileirão como melhor mandante e melhor visitante. No total, foram 13 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Aproveitamento de 75,4%. Média superior ao campeonato de 2013, em que na 19ª rodada, o Cruzeiro tinha quatro pontos de diferença para o Botafogo e 70,2% de aproveitamento.  

Além dessas conquistas, a Raposa também manteve o melhor ataque do primeiro turno: 41 gols marcados em 19 jogos, média de 2,16 por partida. Com um ataque potente, o Cruzeiro também detém os artilheiros da primeira fase do Brasileirão. O atacante Marcelo Moreno marcou dez gols e o meia Ricardo Goulart balançou as redes nove vezes. O time celeste teve o melhor saldo de gols no turno, sendo 23 tentos.

Outro dado favorável é o retrospecto dos campeões do primeiro turno do Brasileirão. Em 11 campeonatos de pontos corridos, o campeão do turno terminou a segunda fase oito vezes na frente, ou seja, em 73% das ocasiões. O próximo desafio do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro será na quinta-feira, contra o Bahia, às 20h30, no Mineirão.