Pimenta da Veiga é o quarto candidato que mais arrecada

Valor total de R$ 12,4 milhões é mais do que o dobro de Fernando Pimentel, mas volume no cofre petista cresce cinco vezes

iG Minas Gerais | DANIEL POLCARO |

O candidato a governador pelo PSDB, Pimenta da Veiga, é o quarto concorrente ao cargo em todo o país que mais arrecadou de acordo com a última parcial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgada no sábado, 6. O valor total chega a R$ 12,4 milhões, mais do que o dobro de Fernando Pimentel (PT).
 
O petista, entretanto, cresceu cinco vezes na comparação com a primeira parcial e atingiu R$ 5,3 milhões. Os cofres da campanha tucana receberam apenas R$ 1,4 milhão no mesmo período. A maior doação de Fernando Pimentel é de Rima Industrial S/A, do setor de mineração, no valor de R$ 1 milhão. Pimenta da Veiga possui cinco repasses com o mesmo valor: duas doações de dois empresários, duas construtoras e uma do Banco BMG.
 
Apesar de negarem, os candidatos mais bem posicionados ao governo do Estado enfrentam dificuldades financeiras para tocarem a campanha. Além de corte de gastos, funcionários teriam sido dispensados.
 
A primeira posição entre os candidatos a governador que mais arrecadam é ocupada pelo candidato do PT ao governo baiano, Rui Costa: R$ 14,6 milhões. Geraldo Alckmin, candidato à reeleição pelo PSDB em São Paulo, contabiliza R$ 14 milhões. Em terceiro lugar, Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ) com R$ 13 milhões.