Blatter quer testar o uso do replay no futebol em 2015

Presidente da Fifa não deixou claro como o replay seria utilizado; com essa possibilidade, treinadores teriam o direito de desafiar a decisão do árbitro em lances polêmicos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Presidente da Fifa quer punições mais rigorosas com ato lamentável
REPRODUÇÃO/FIFA
Presidente da Fifa quer punições mais rigorosas com ato lamentável

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, revelou que deseja testar o uso de replays de vídeo em partidas de futebol a partir do próximo ano. A confirmação de que testes podem ser realizados foi feita na conferência Soccerex, que está sendo realizada em Manchester, através de um vídeo gravado.

Blatter disse que deseja testar o recurso do replay em um campeonato nacional e no Mundial Sub-20 da Nova Zelândia em 2015. "Poderíamos testar esses chamados desafios", afirmou o presidente da Fifa.

Ainda não está claro como o replay seria utilizado, mas a tendência é de que os treinadores teriam o direito de desafiar a decisão do árbitro, como já acontece em torneios de alguns esportes, como no vôlei e no tênis.

Recentemente, Blatter mudou a sua posição em relação ao uso de recursos eletrônicos no futebol, tanto que a Copa do Mundo deste ano, realizada no Brasil, utilizou um sistema eletrônico que detectava quando a bola ultrapassava a linha do gol. Agora, o próximo passo pode ser a adoção do replay em alguns lances que provocarem dúvidas nas equipes.

Leia tudo sobre: FIFAJOSEPH BLATTERFUTEBOL