Kaká destaca a força coletiva do São Paulo em vitória

Meia está satisfeito com o rendimento da equipe e espera que o Tricolor Paulista mantenha o embalo para alcançar o líder Cruzeiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Assim como Luiz Fabiano, meia não vai a Salvador
Reprodução/ São Paulo FC
Assim como Luiz Fabiano, meia não vai a Salvador

Destaque do São Paulo na vitória sobre o Sport por 2 a 0, neste domingo, no Morumbi, o meia Kaká não quis os louros para si e também não acha justo que o crescimento do time no Campeonato Brasileiro seja creditado ao quarteto formado por ele, Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Alan Kardec. O time ainda não perdeu com os quatro em campo, mas o experiente jogador diz que a equipe tricolor é muito mais do que isso.

"Não tem quarteto, tem o time do São Paulo", disse, para em seguida exemplificar. "O segundo gol surgiu de um passe do (Rafael) Toloi para o Souza, que fez ótimo passe para o (Alexandre) Pato. Um zagueiro tocou para um volante, que deu a assistência para o gol. Isso mostra o quanto nosso time cresceu. Conseguimos fazer a leitura tática correta da partida e poderíamos até marcado mais gols", acrescentou.

Para Kaká, o importante agora é o time manter o embalo em sua perseguição ao líder Cruzeiro. As duas equipes se enfrentam no próximo domingo, mas o meia recomenda, primeiro, pensar na partida de quarta-feira contra o Botafogo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. "É um estádio que a gente não está acostumado. Vai ser um jogo complicado".

Kaká elogiou também o lateral-direito Auro, que fez a sua primeira partida no time profissional e saiu-se muito bem. "A gente acompanha ele nos treinos e sabe que tem grande potencial".

Auro, por sua vez, comemorou bastante a sua boa estreia. "Foi bom começar com o pé direito", disse, particularmente feliz por ter ajudado o time a vencer. "A vitória foi importante para o time chegar no Cruzeiro".

O atacante Alan Kardec considera que, mais do que pelo placar, a vitória do São Paulo valeu pelo rendimento mostrado pelo time. "A gente teve volume de jogo durante todo o tempo, o time se movimentou, seguiu concentrado e dominou totalmente a partida. Fizemos uma excelente apresentação", analisou.  

Leia tudo sobre: SÃO PAULOKAKÁCRUZEIROBRASILEIRÃO SÉRIE A