Dunga permite torcida no último treinamento em Miami

Cerca de 100 fãs ocuparam as arquibancadas da arena da Universidade da Flórida

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

O técnico Dunga não quer que o afastamento do lateral-direito Maicon por indisciplina prejudique o bom ambiente que conseguiu criar no período de preparação da seleção brasileira em Miami, nos Estados Unidos. Por isso, permitiu a abertura dos portões do estádio para os torcedores no último treino que a equipe fez na cidade da Flórida, na tarde deste domingo.

 

Foi a primeira vez que Dunga permitiu a presença dos torcedores - ao todo, cerca de 100 fãs ocuparam as arquibancadas da acanhada arena, localizada dentro da Universidade da Flórida. A atividade, no entanto, foi leve. Cinco jogadores que iniciaram a partida contra a Colômbia, na última sexta-feira, fizeram um treinamento separado. Willian, Miranda, Filipe Luís, Oscar e Diego Tardelli apenas correram em torno do gramado. O restante do grupo fez apenas um trabalho técnico.

 

A equipe brasileira viaja na noite deste domingo para Nova Jersey, onde enfrentará o Equador nesta terça-feira. A equipe deverá ter poucas alterações em relação àquela que venceu a Colômbia. As principais serão na defesa. Danilo deverá substituir Maicon, cortado neste domingo por indisciplina - a CBF não ofereceu explicações detalhadas sobre o caso -, e Marquinhos poderá entrar no lugar de David Luiz, que tem uma lesão no joelho esquerdo. A outra opção é o corintiano Gil.

Leia tudo sobre: Dungaseleção brasileiraMaicon