No Horto, refugiados sírios reforçam torcida do Atlético

Grupo foi convidado pelo presidente do conselho deliberativo, membro do consulado do país em BH

iG Minas Gerais | Daniel Ottoni |

Esportes - Belo Horizonte, Mg. Campeonato Brasileiro. Atletico-Mg x Botafogo. Jogo valido pela 19 rodada do campeonato brasileiro no estadio Independencia em Belo Horizonte. Fotos: Leo Fontes / O Tempo - 7.9.14
LEO FONTES / O TEMPO
Esportes - Belo Horizonte, Mg. Campeonato Brasileiro. Atletico-Mg x Botafogo. Jogo valido pela 19 rodada do campeonato brasileiro no estadio Independencia em Belo Horizonte. Fotos: Leo Fontes / O Tempo - 7.9.14

A torcida do Atlético teve no jogo contra o Botafogo, no Independência, uma presença diferente, mas não menos bem-vinda. Um grupo de 19 sírios foi convidado pela diretoria atleticana a assistir o jogo em um dos camarotes. Todos eles são refugiados da guerra civil que acontece no país há três anos.

O convite veio por meio de Emir Cadar, presidente do conselho deliberativo do clube, que também é membro do consulado sírio em Belo Horizonte. Assim que soube da presença dos estrangeiros na capital mineiro, Cadar passou a informação para o presidente Alexandre Kalil, que gostou muito de ideia.

“Alguns aqui nunca viram um jogo de futebol na vida. A realidade de lá é muito distinta”, aponta Cadar.

Um dos integrantes do grupo, padre George Massis, garante a satisfação dos companheiros. “Todos estão muito felizes agora, presentes em um país alegre e acolhedor. Estamos na terra do futebol e do samba e é um sonho para muitos aqui ver de perto um jogo ao vivo”, indica.

 

Leia tudo sobre: TorcidaAtléticogalofutebolsíriosrefugiados