Brasil bate Cuba e segue invicto

Com vitória por 3 sets a 1, o time de Bernardinho é líder do grupo B, com 14 pontos

iG Minas Gerais | JULIANA GONTIJO |

O Brasil venceu Cuba, por 3 sets a 1 (22/25, 25/23, 25/18 e 25/17), domingo, na quinta partida pelo Grupo B no Campeonato Mundial de Vôlei 2014. A partida começou às 15h15, na Spodek Arena, em Katowice, na Polônia. O time de Bernardinho terminou a fase de grupos invicto e se classificou como primeiro lugar do grupo B, com 14 pontos. 

 

Mesmo se perdesse, os brasileiros já estariam classificada para as quartas de final. Além do Brasil, Alemanha, Finlândia e Cuba foram classificadas no grupo B. Nos quatro primeiros jogos – contra Alemanha, Tunísia, Finlândia e Coréia do Sul – a seleção brasileira conquistou resultados positivos.

 

O Brasil e mais Polônia e Rússia foram as únicas equipes invictas no Mundial até o momento. Na próxima fase, a equipe de Bernardinho enfrenta as seleções classificadas do grupo C: Rússia, Canadá, Bulgária e China.

 

Embora Cuba não tenha mais a mesma força dos anos 90, e ter a menor média de idade do Mundial (21,9 ), Bernardinho pediu atenção contra a equipe que ele classificou como “fábrica de jogadores”.

 

O Brasil começou a partida perdendo o primeiro set. O placar ficou em 25/22 para o time rival, graças ao ataque de Wallace para fora. Foi um jogo bem disputado. Cuba abriu o placar do primeiro sete com 2/0 e fez um bom início, chegando a marcar 3 a 0. O primeiro ponto do Brasil foi fruto de um erro de saque de Cuba. Com erro de ataque do rival, Brasil fez 3º ponto.

 

No segundo set foi a vez do Brasil. Com saque de Jimenez na rede, o time de Bernardinho fechou em 25/23. Fazendo com que partida ficasse em 1 a 1, no placar geral. O set começou com Murilo explorando o bloqueio e o Brasil abriu o placar. Entretanto, o set não foi fácil para os brasileiros que acordaram para o jogo somente com a entrada de Bruninho.

 

A seleção manteve a formação que terminou o segundo set e começou o terceiro com Bruno, Vissotto e Lipe. O terceiro set começou com erro de saque de Cuba, Brasil 1/0. Jimenez explorou o bloqueio e fez seu 13º ponto, o placar ficou empatado, 2/2. Quando Lipe atacou do fundo, o Brasil fez 3/ 2. Uriarte venceu o bloqueio do Brasil e diminui para Cuba: 13/9. O treinador cubano pediu tempo e os jogadores do Brasil reclamam de joelhadas recebidas por debaixo da rede.

 

Ainda no terceiro set, depois do bloqueio triplo do Brasil, Mesa comete dois toques, com Brasil 21 /14 Cuba. Logo em seguida, Sidão acerta um ace e o placar muda para Brasil 22/14. Ele também sacou na rede e o Brasil fica com 22 e Cuba 15. Quando Romero ataca para fora, o Brasil faz 23/ 16. Com bloqueio do time de Bernardinho, chega ao fim do 3º set (25/18). O Brasil vira, o placar geral passa para 2 sets a 1.

 

No quarto e último set, começa com saque na rede do Brasil, Cuba 1/ 0. Em seguida, Uriarte ataca para fora e o Brasil empata (1/1). Com Bruninho colocando a bola no chão, o Brasil faz 25/17 e vence a partida por 3 sets 1.

Leia tudo sobre: Mundial de VôleiSeleção BrasileiraCuba