Primeiro brasileiro da NFL pontua, mas estreia perdendo

O kicker paulistano Cairo Silva fez três pontos para o Kansas City Chiefs, mas perdeu em casa para o Tennessee Titans

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Brasil fez, neste domingo, a sua estreia oficial na NFL, principal liga profissional de futebol americano. Afinal, pela primeira vez na história um atleta nascido no País participou de uma partida. Na abertura da temporada, o kicker paulistano Cairo Santos fez três pontos, mas o seu time, o Kansas City Chiefs, perdeu por 26 a 10, em casa, para o Tennessee Titans.

 

No futebol americano, cada time tem um kicker titular, que entra em quadra apenas em ocasiões especiais. A principal função é tentar, com um chute (field goal), acertar a bola oval entre as duas traves e, assim, concluir com três pontos um ataque do seu time.

 

Cairo entrou em campo duas vezes com esta função neste domingo. Na primeira, chutou a uma distância de 35 jardas. A bola bateu na trave e passou entre os dois paus, garantindo os três primeiros pontos do jogo para o Chiefs.

 

Pouco depois, ele voltou a campo para um field goal mais longo, de 48 jardas. A bola mais uma vez acertou a trave, mas desta vez foi para fora. Na continuação do jogo, o Titans marcaria 26 pontos em sequência para assegurar a vitória.

 

No último quarto, o Chiefs conseguiu um touchdown (quando o jogador chega à extremidade do campo com a bola em mãos). Cairo foi chamado para um chute extra e garantiu mais um ponto para a equipe.

 

Cairo tem 22 anos e foi para os Estados Unidos em 2007, em intercâmbio, para jogar futebol. Logo mostrou aptidão para o futebol americano, tendo se graduado pela Universidade de Tulane, em Nova Orleans. Em maio, assinou com Chiefs, mas a expectativa é que ele fosse cortado antes do início da temporada. O brasileiro, entretanto, foi perfeito na pré-temporada e o dispensado acabou sendo Ryan Succop, o antigo titular.

 

Existia a expectativa até para que o jogo deste domingo reunisse dois brasileiros. Maikon Bonani, também paulista (de Matão), treinou com o Titans pela segunda pré-temporada seguida, mas acabou dispensado antes do início da temporada regular.

Leia tudo sobre: Futebol AmericanoKansas City