No Horto, América perde para o Vasco e deixa o G4 da Série B

Antes de duelo com os cariocas, Coelho não havia levado um gol sequer dentro do Independência; Gigante da Colina encerrou sequência de cinco jogos sem triunfos

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

ESPORTES : BELO HORIZONTE - MG - CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B 2014.
America-MG x Vasco , no estadio Independencia, pela 20a rodada da serie B .

FOTO : ALEX BRANDAO / O TEMPO - 06.09.2014
ESPORTES : BELO HORIZONTE - MG - CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B 2014. America-MG x Vasco , no estadio Independencia, pela 20a rodada da serie B . FOTO : ALEX BRANDAO / O TEMPO - 06.09.2014

Em um confronto direto pelo G-4 da Série B, o América foi derrotado pelo Vasco por 3 a 2, na tarde deste sábado, na Arena Independência, e deixou o grupo dos quatro primeiros colocados na tabela de classificação da competição. Willians e Obina fizeram os gols do Coelho, mas Douglas Silva, Thalles e Rodrigo garantiram a vitória dos cariocas, que acabaram com um jejum de cinco jogos sem vitória na temporada e entraram no grupo dos clubes que hoje estaria classificados para a Série A.

O América abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo com o meia Willians se aproveitando de um cruzamento do armador Renan Oliveira. Apoiado por sua torcida, que compareceu em grande número ao Independência, o Coelho dava a impressão de que poderia se impor no jogo para conseguir uma vitória, mas o Vasco mostrou sua força e empatou a partida aos 14 min com o zagueiro Douglas Silva.

O gol provocou a revolta dos jogadores americanos, que reclamaram de uma possível posição irregular do zagueiro vascaíno na hora da finalização. Esse foi o primeiro gol sofrido pelo alviverde no Independência nesta Série B. O América não tinha sua zaga vazada no Horto desde o dia 30 de março, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro, no empate em 1 a 1 com o Atlético.

O Vasco virou o placar aos 24 min com o atacante Thalles, que se aproveitou de um vacilo do zagueiro americana. A desvantagem no marcador não afetou o América, que continuou pressionando o adversário e conseguiu o empate aos 41 min. Pablo tocou na medida para o Obina, que bateu na saída do goleiro Diogo Silva para confirmar sua fama de carrasco do time cruz-maltino.

O segundo tempo começou com as duas equipes se revezando na criação das jogadas ofensivas. O América tentava chegar em velocidade ao ataque, mas dava espaços para o Vasco, que tinha mais posse de bola e levava perigo nos contra-ataques armados pelo meia Douglas. Melhor em campo, o time carioca acabou definindo o placar aos 35 min em uma cobrança de falta de Rodrigo que desviou na barreira e enganou o goleiro Fernando Leal.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcampeonato brasileiroaméricacoelhosérie bvasco