Após incidente, Hamilton quer corrida 'limpa' em Monza

Na última etapa, inglês tinha uma corrida promissora pela frente até que Rosberg o tocou na segunda volta

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Diplomático, o inglês projetou um bom resultado para o time no domingo
facebook/página oficial/divulgação
Diplomático, o inglês projetou um bom resultado para o time no domingo

Depois de uma corrida atribulada na Bélgica e reuniões e declarações polêmicas, Lewis Hamilton só quer fazer uma prova "limpa" na Itália, sem incidentes e atritos, principalmente com o companheiro de Mercedes, Nico Rosberg. "Só espero um fim de semana limpo", declarou o piloto britânico, neste sábado, após faturar a pole position do GP da Itália, em Monza.

Na última etapa, Hamilton tinha uma corrida promissora pela frente até que Rosberg o tocou na segunda volta e praticamente acabou com sua prova. A manobra polêmica do alemão gerou discussões e reuniões dentro da equipe, além de diversas explicações em entrevistas à imprensa nos dias seguintes. Rosberg acabou sendo repreendido pela direção da Mercedes.

O incidente, contudo, não alterou a situação da equipe e os pilotos seguem com liberdade para disputar posições, apesar da vantagem de 29 pontos de Rosberg na liderança do Mundial. "Estamos livres para correr. Esta foi a decisão da semana passada, e assim vai continuar", destacou Hamilton neste sábado.

Ele também projeta uma corrida limpa ao se referir à confiabilidade do carro. Após enfrentar problemas nas etapas passadas e na sexta-feira, Hamilton viu o carro do companheiro apresentar falhas no câmbio no último treino livre, na manhã deste sábado.

"Vocês viram que tivemos problemas ontem [sexta]. Nico teve um problema hoje. Estamos tentando melhorar em algumas áreas na equipe como um todo. Mas estou muito satisfeito e grato pela sessão que tivemos hoje. É uma sensação incrível", afirmou.

Diplomático, o inglês projetou um bom resultado para o time no domingo. "Espero que amanhã possamos obter uma nova dobradinha no pódio", declarou. "Mas esperamos uma boa disputa com os carros da Williams. Acho que isso seria ótimo para os fãs", afirmou.

Leia tudo sobre: fórmula 1lewis hamiltongp da itáliawillians