'Não estamos muito longe da Mercedes', afirma Felipe Massa

Piloto brasileiro irá largar na quarta posição do Grande Prêmio da Itália, neste domingo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Massa esteve bem próximo de fechar o dia com o terceiro lugar do grid
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Massa esteve bem próximo de fechar o dia com o terceiro lugar do grid

Os pilotos da Williams saíram satisfeitos do treino que definiu o grid de largada do GP da Itália. Felipe Massa, que largará em quarto, e Valtteri Bottas, em terceiro, aprovaram seus desempenhos no Circuito de Monza e mostraram confiança para tentar alcançar a favorita Mercedes na corrida deste domingo.

"Não estamos muito longe da Mercedes. Acho que todos nós temos que estar felizes com os resultados", avaliou Massa, que esteve perto de buscar o terceiro lugar no grid. "Faltou apenas um esforço extra para alcançar a terceira posição. Foi um bom treino para mim e para a equipe."

O piloto espera este empenho extra para a corrida. "Será uma prova longa e nós temos um bom ritmo para corridas assim. Acho que este foi o começo de um bom fim de semana. Vou dar tudo que puder para chegar ao pódio", projetou o brasileiro, que vem correndo pressionado pelos bons resultados do companheiro de equipe.

Como vem acontecendo nas últimas etapas, Bottas exibiu grande desempenho neste sábado. Ficou atrás no grid somente dos favoritos Lewis Hamilton e Nico Rosberg, que travam uma disputa interna na Mercedes pelo título.

"Estou muito feliz pelo resultado no treino e estou confiante de que poderemos pressionar a Mercedes. Se tivermos uma boa largada isso poderá abrir muitas oportunidades", comentou o finlandês, confiante em um triunfo sobre os rivais da Mercedes. "Eu realmente acredito que isso pode acontecer."

Leia tudo sobre: fórmula 1massamercedeswilliansgp da itália