Sada Cruzeiro faz outra vítima

Invicto no Estadual, time de Marcelo Mendez vai para os EUA disputar o Torneio de Irvine

iG Minas Gerais | Débora Ferreira |

Liderança. Sada Cruzeiro venceu a UFJF por 3 sets a 1 e segue como líder do Campeonato Mineiro
douglas magno
Liderança. Sada Cruzeiro venceu a UFJF por 3 sets a 1 e segue como líder do Campeonato Mineiro

Se a intenção do Sada Cruzeiro é usar o Mineiro como preparação para o Torneio de Irvine, nos Estados Unidos, a equipe está no ritmo certo para conquistar novamente o título. Na noite de ontem, a equipe ganhou mais um jogo pelo Estadual, batendo a UFJF pela segunda vez na competição, por 3 sets a 1 (27/25, 25/16, 25/27 e 25/15), no ginásio do Riacho, em Contagem.

O resultado mantém os celestes com 100% de aproveitamento, a apenas dois jogos do fim da primeira fase para a Raposa, que adiantou seus compromissos para poder viajar à América da Norte.

Por mais que os rivais endurecessem a partida em alguns momentos, os comandados de Marcelo Mendez abusaram de seu característico entrosamento e forçaram erros bobos da UFJF.

Ainda sem Wallace, que está com a seleção brasileira no Mundial, na Polônia, o Sada viu PV crescer em bolas decisivas. No segundo set, o oposto veio de trás para colocar, com força, uma bola no chão do rival, e em seguida, ele e William repetiram a jogada com o mesmo sucesso, mas dessa vez apenas de leve por cima do bloqueio.

A esperança da UFJF vinha das mãos do experiente ponteiro Manius. No início da partida, o jogador chegou a demonstrar perigo tanto no bloqueio como nos ataques potentes. Atentos, os celestes redobraram os cuidados com o atleta. Bergamo e Batagim se dividiam então na função de melhores pontuadores da equipe da Zona da Mata.

Foi depois de muitos pedidos de “calma, calma” do técnico Chiquita que sua equipe conseguiu encontrar uma maneira de segurar o forte oponente. Nos primeiros momentos do terceiro set, Tarcísio bateu uma diagonal e deixou os visitantes à frente no placar pela primeira vez, com 10 a 9. Um longo rali, minutos depois, foi vencido pela UFJF em erro celeste, e deu mais confiança ao time de Juiz de Fora, que chegou a conquistar a terceira etapa do jogo.

Disposto a terminar a partida sem ir novamente ao tie-break, os celestes voltaram com força total e chegaram a abrir 8 a 2. Com todos os titulares em quadra, os celestes administraram a vantagem, que terminou com dez pontos de diferença.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave