Jogo no Mineirão divide Massa

Jogadores apontam desvantagens, como a pressão menor, e vantagens, como público maior

iG Minas Gerais | Fernando Almeida e Thiago Prata |

Ocupação. Na conquista da Recopa, contra o Lanús, a torcida do Atlético lotou o Mineirão
LEO FONTES / O TEMPO
Ocupação. Na conquista da Recopa, contra o Lanús, a torcida do Atlético lotou o Mineirão

O maior palco do futebol mineiro será a casa do Atlético para o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, no dia 15 de outubro. A esperança é que o novo Mineirão volte a dar sorte ao Galo, que conquistou três títulos lá – o Mineiro e a Copa Libertadores de 2013, e a Recopa Sul-Americana de 2014. Mas a decisão da diretoria e da comissão técnica do clube de mandar a partida para o Gigante da Pampulha divide a opinião de torcedores e jogadores alvinegros.

Uma enquete realizada pelo portal apontou que 52% dos internautas prefere ver o Atlético atuando no Independência, onde a Massa transforma o estádio num caldeirão. Já 48% quer o Galo jogando no Mineirão, local que pode abrigar três vezes mais aficionados do que na Arena do Horto.SuperFC

Dentro do plantel atleticano, as opiniões também são divididas. O atacante Diego Tardelli, por exemplo, sempre deixou claro que prefere o Gigante da Pampulha. “O Mineirão é meu palco, por tudo de bom que já aconteceu comigo no estádio”, dizia o avante da camisa 9. Outros, como o meia-atacante Luan, gostariam de continuar no caldeirão do Horto. “Acho que nossa força é no Horto, mas se a diretoria tomou essa decisão, vamos jogar. Acho que os jogadores preferem jogar aqui (no Independência), e aqui a torcida apoia muito”, comentou Luan.

Logicamente, a renda para este confronto diante do Corinthians será muito maior no Mineirão que no Independência. O dinheiro poderia ajudar bastante nas despesas do clube alvinegro. Nesta sexta, aliás, o Atlético pagou dois meses de salários atrasados. O clube prometeu ainda que irá efetuar os pagamentos de agosto na próxima segunda-feira.

Preparação. O primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil será apenas no dia 1º de outubro, em São Paulo. Já o próximo compromisso do time será neste domingo, às 16h, contra o Botafogo, na Arena Independência, pelo Campeonato Brasileiro.

Os dois lados

Lesões. Enquanto Marcos Rocha e Guilherme podem voltar neste domingo, Emerson sofreu uma fratura por estresse no dedão do pé direito, e Botelho, um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave