Luxemburgo revela ter sido assaltado na Barra da Tijuca

Em um semáforo próximo à Barra da Tijuca, treinador foi parado por um assaltante que se aproximou com uma arma e ordenou a entrega do relógio

iG Minas Gerais | agência estado |

Luxemburgo ainda terá muito trabalho para acertar a equipe do Flamengo
Site oficial/Divulgação
Luxemburgo ainda terá muito trabalho para acertar a equipe do Flamengo

O técnico Vanderlei Luxemburgo contou que foi assaltado na manhã de quinta-feira, quando seu carro estava parado num semáforo, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Ele disse que um assaltante se aproximou dele com uma arma de fogo e ordenou que entregasse o relógio. "Não vou te matar, não", disse o bandido.

"Sempre ando com carro blindado, nesse dia não estava com o blindado", declarou o técnico, acrescentando que próximo de chegar em casa, no mesmo bairro, notou uma movimentação estranha de uma moto e sentiu receio de sofrer um outro assalto.

Luxemburgo está no Flamengo desde o dia 23 de julho, quando substituiu Ney Franco. O treinador vem fazendo ótimo trabalho e levou o Fla à nona colocação do Brasileiro, com cinco vitórias seguidas. A equipe carioca também avançou às quartas de final da Copa do Brasil, após vencer o Coritiba nos pênaltis na quarta-feira.