Município baiano com pior Ideb tem problemas de evasão e analfabetismo

Com uma rede de 29 escolas e 2.700 alunos, a prefeitura reconhece o desempenho ruim e diz que implantou um plano de ação para reverter o quadro ao assumir a gestão, no ano passado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Com o pior Ideb dos anos finais do ensino fundamental (9º ano) do país, o município baiano de Santa Luiza (a 524 km de Salvador) enfrenta problemas como evasão escolar e o analfabetismo funcional dos alunos.

O Ideb é o indicador federal que alia desempenho dos alunos em provas de português e matemática com taxas de aprovação. Segundo ele, 16 Estados registraram piora no desempenho do ensino médio. O objetivo fixado pelo governo também não foi alcançado nos anos finais do ensino fundamental.

Com uma rede de 29 escolas e 2.700 alunos, a prefeitura reconhece o desempenho ruim e diz que implantou um plano de ação para reverter o quadro ao assumir a gestão, no ano passado. "A gente não quer que dados sejam mascarados. A realidade vai nos mostrar onde precisamos melhorar", afirma a secretária municipal de Educação, Tenylle Nascimento.

Segundo a secretária, a prefeitura implantou programas de reforço escolar para alunos do 6º ao 9º ano e de acompanhamento dos alunos faltosos, com uma equipe multidisciplinar. "A evasão e a indisciplina dos alunos, além do crescimento da violência, têm sido um enorme desafio. Temos buscado acompanhar os alunos que vivem em situação de vulnerabilidade", diz a secretária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave