Peng abandona jogo e Wozniacki vai à final do US Open

Tenista que nunca ganhou nenhum dos quatro grandes torneios terá nova chance em Nova York

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação
undefined

Caroline Wozniacki terá mais uma chance de finalmente conquistar um título de Grand Slam. Mesmo já tendo sido a número 1 do mundo a tenista dinamarquesa nunca ganhou nenhum dos quatro grandes torneios do circuito. Nesta sexta-feira, porém, ela garantiu presença na final do US Open, após a sua adversária na semifinal a chinesa Shuai Peng, abandonar o jogo com cãibra.

No calor do verão em Nova York, Peng não resistiu e acabou abandonando o jogo no segundo set. Naquele momento, Wozniacki ganhava por 7/6 (7/1) e 4/3, com a vitória já encaminhada. Com cãibra, a chinesa chegou a ser amparada para receber atendimento médico nos vestiários. Voltou para a partida, mas aguentou poucos minutos, caindo na quadra, sem condições físicas.

Número 39 do mundo, Peng fez a melhor campanha de sua carreira, chegando pela primeira vez à semifinal de um Grand Slam - não tem um título sequer no circuito da WTA. Ela lutou bravamente para continuar no jogo desta sexta-feira, mas estava claramente sem condições físicas. Com muitas dores e bastante debilitada, precisou deixar a quadra numa cadeira de rodas.

Do outro lado, Wozniacki conseguiu confirmar o favoritismo. Número 11 do mundo, ela já foi muito criticada por nunca ter sido campeã de um Grand Slam. A melhor chance que teve foi em 2009, quando perdeu a final do US Open para a belga Kim Clijsters. Agora, a dinamarquesa espera a norte-americana Serena Williams ou a russa Ekaterina Makarova na decisão de domingo.

Leia tudo sobre: pengwozniackius opengrand slamwta