Zanon elogia preparação para Mundial de Basquete

Treinador gostou da disposição das atletas em quadra e disse que time aprendeu com amistosos disputados na europa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Zanon afirmou que seleção evoluiu e está satisfeito com o nível de trabalho
REPRODUÇÃO/CBB
Zanon afirmou que seleção evoluiu e está satisfeito com o nível de trabalho

Ainda sem duas de suas principais jogadoras - as pivôs Érika e Damiris, que se apresentam na semana que vem porque estavam jogando na temporada da WNBA nos Estados Unidos -, a seleção brasileira feminina de basquete já começou a última fase de preparação para o Mundial da Turquia, marcado para acontecer a partir do dia 27 de setembro. E, ao ver a disposição no primeiro treino com bola, nesta sexta-feira, em São José dos Campos, o técnico Luiz Augusto Zanon elogiou o grupo.

"Eu fiquei animado com o jeito que as meninas entraram em quadra. Vejo que tiraram uma boa lição dos amistosos na Europa e que realmente precisam jogar com intensidade mais forte. Isso me animou bastante e também a comissão técnica", disse Zanon, ao comentar sobre o trabalho que vem sendo feito com a seleção. "Eu vejo que todas aqui estão muito bem comprometidas e determinadas com o que vieram buscar. Nosso objetivo agora é dar padrão para todas o mais rápido possível."

Até então, Zanon vinha trabalhando com um grupo jovem - média de 24,3 anos de idade -, que passou por períodos de treinamentos e disputou alguns amistosos. Agora, já na reta final de preparação para o Mundial, a seleção ganhou o reforço de jogadoras mais experientes, como a armadora Adrianinha e a pivô Nádia - sem contar, Érika e Damiris, que ainda vão se apresentar. Com isso, porém, o treinador ainda precisará cortar três atletas para definir a delegação com 12 inscritas.

A seleção fica concentrada no interior paulista até 20 de setembro, quando acontece o embarque para a Turquia. Depois, ainda antes do Mundial, estão previstos dois amistosos contra equipes que também estarão na competição. E a estreia brasileira será no dia 27, diante da República Checa, em Ancara - Espanha e Japão são os outros integrantes da chave do Brasil.  

Leia tudo sobre: zanonbasquetemundial de basquetetreinoérikawnbaamistososeuropafeminino