Bons sinais que se repetem

Assim como na conquista do ano passado, Raposa engrena série de jogos sem derrota

iG Minas Gerais | Bruno Trindade e Guilherme Guimarães |

Festa dos fãs. Fábio foi um dos jogadores mais assediados no desembarque do Cruzeiro, na noite de ontem, no aeroporto de Confins
leo fontes
Festa dos fãs. Fábio foi um dos jogadores mais assediados no desembarque do Cruzeiro, na noite de ontem, no aeroporto de Confins

O Campeonato Brasileiro de 2014 se encaminha para o fim de sua primeira metade, a ser realizada neste fim de semana, com a última rodada do turno. Os discursos, vindos de todos os lados, são praticamente unânimes em afirmar que ainda é cedo para se fazer previsões sobre o campeão, sobre os integrantes do G-4 ao fim da disputa e sobre os rebaixados para a Série B. Entretanto, a qualidade do elenco, o desempenho em campo e, consequentemente, a sequência de jogos sem perder colocam o Cruzeiro, antecipadamente, como grande proponente ao título. Em 2013, esses mesmos fatores apareceram, e o fim da história todos conhecem: Cruzeiro tricampeão.

No ano passado, a sequência de 11 vitórias e um empate, entre a 15ª e a 26ª rodada, foi fundamental para a conquista do caneco. Além de assumir a ponta da tabela, a equipe celeste abriu 11 pontos de vantagem para o então vice-líder Grêmio e conseguiu administrar a vantagem até o fim. Em 2014, com a manutenção dos principais jogadores e com o maior entrosamento do escrete cruzeirense, a supremacia azul teve início mais cedo e já tem quase a mesma duração daquela série invicta. Na atual edição, a sequência começou na nona rodada e já são dez partidas de invencibilidade, com oito vitórias e dois empates. A última derrota celeste foi há mais de três meses. Na oitava rodada da Série A, realizada no dia 28 de maio, a equipe celeste acabou perdendo para o Corinthians, por 1 a 0, fora de casa. O técnico Marcelo Oliveira ressaltou a importância de se seguir sem perder, mas evitou afirmar que a sequência de 2014, assim como foi em 2013, seja indício da conquista futura. “Importante (a invencibilidade). O Cruzeiro tem uma combinação de coisas boas, como tradição, estrutura, ambiente e trabalho intenso. Temos um campeonato longo pela frente e estamos no objetivo maior, que é a conquista. A presença do torcedor no Mineirão é fundamental”, declarou o treinador. O meia-atacante Marlone afirma que os resultados obtidos pela Raposa são em função da equipe nunca se acomodar. “Essa invencibilidade vem do trabalho, da ambição. Procuramos não relaxar pelo fato de estarmos ganhando, sendo o líder. O professor Marcelo (Oliveira) sempre fala isso nas preleções. O grupo está de parabéns e agora é continuar com esse pensamento, com humildade e buscar mais vitórias”, afirmou.

Treinos Reapresentação. Os jogadores do Cruzeiro se reapresentam nesta sexta, às 15h30, na Toca II. neste sábado, os atletas realizam o último treino, se concentram e seguem à tarde para o Rio, onde a Raposa pega o Fluminense.

Moreno será julgado e pode pegar até 6 jogos de gancho Um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro, com nove gols anotados ao lado do meia Ricardo Goulart, o atacante Marcelo Moreno poderá desfalcar o time celeste em até seis partidas. Tudo por conta de uma denúncia do Santos, acatada pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O time santista acusa o centroavante cruzeirense de ter dado uma cotovelada no rosto do zagueiro Bruno Uvini, que chegou a fraturar os ossos da face. Por conta da denúncia, Moreno será julgado na próxima segunda-feira e poderá pegar até seis jogos de suspensão, já que foi incurso no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): “praticar jogada violenta”. No desembarque celeste nesta quinta, no aeroporto de Confins, Marcelo Moreno não quis falar nada sobre o caso. “Vamos falar do bom momento do Cruzeiro? O nosso momento é bom, vamos falar disso”, desconversou. Bruno Uvini sofreu uma fratura no rosto quando o Santos perdeu para o Cruzeiro por 3 a 0, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador foi operado no dia 21 de agosto e se recupera da lesão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave