Marcelo Oliveira se preocupa com eventual punição de Moreno no STJD

Atacante será julgado na segunda-feira por suposta cotovelada no zagueiro santista Bruno Uvini, que fraturou ossos da face

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Marcelo Oliveira considerou nornal, lance de jogo,  choque entre Bruno Uvini e Marcelo Moreno
LÉO FONTES/O TEMPO
Marcelo Oliveira considerou nornal, lance de jogo, choque entre Bruno Uvini e Marcelo Moreno

O Cruzeiro pode perder por até seis jogos o atacante Marcelo Moreno, um dos principais jogadores do elenco cinco estrelas, e essa situação preocupa o técnico Marcelo Oliveira. O centroavante celeste será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Despotiva (STJD) na próxima segunda-feira, por uma suposta cotovelada no zagueiro do Santos Bruno Uvini, na vitória cruzeirense por 3 a 0 sobre os santistas, na 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Me preocupa, mais até do que ele ficar ausente, pois vi uma jogada absolutamente normal. Todo atacante, todo defensor salta e abre os braços para se proteger. Esperamos que haja justiça e que ele possa continuar conosco”

Incurso no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), “praticar jogada violenta, Moreno foi denunciado pelo Santos, que se sentiu prejudicado. O time paulista perdeu Bruno Uvini para jogos oficiais, uma vez que o zagueiro do Peixe levou a pior no choque com o avante cruzeirense. E em decorrência do “encontrão” fraturou ossos de sua face.

A fratura no rosto de Bruno Uvini foi constatada no hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, horas depois do Santos perder para o Cruzeiro no Mineirão. O jogador foi operado no dia 21 de agosto para reconstruir ossos da face.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamarcelo morenomarcelo oliveirastjdbruno uvini