Levir lamenta expulsão em dia de comemoração dos 200 jogos pelo Galo

Treinador atleticano recebeu uma placa da diretoria pelos 200 jogos no comando de equipes do Galo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Técnico Levir Culpi recebeu a placa comemorativa pelos seus 200 jogos no Galo das mãos do diretor jurídico Lásaro Cândido da Cunha
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Técnico Levir Culpi recebeu a placa comemorativa pelos seus 200 jogos no Galo das mãos do diretor jurídico Lásaro Cândido da Cunha

Antes do apito inicial para o duelo entre Atlético e Palmeiras na noite desta quinta-feira, o técnico Levir Culpi recebeu uma placa em homenagem aos seus 200 jogos no comando do Galo. Contudo, apesar da vitória por 2 a 0 e consequente classificação, o treinador saiu de campo um pouco decepcionado, pois acabou sendo expulso pela arbitragem, algo que, de certo modo, manchou esse dia especial.

Levir, é claro, comemorou muito a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, e agradeceu o Atlético pela homenagem recebido, mas lamentou este deslize durante o confronto.

"Fiquei nervoso. Tivemos lances visíveis para o árbitro, eu pedi um cartão e ele fez um sinal para eu sair do campo. Realmente até lamento, pois neste jogo recebi uma placa, completei 200 jogos com o Atlético. É um orgulho, satisfação. Fiquei triste pelo meu comportamento, pois eu realmente reclamei", disse Levir.

"Vou pagar caixinha, pois eu não me controlei. O árbitro também teve seus momentos, né?! Mas isso vai ficar para a próxima palestra", brincou o treinador.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de escrever isso no seu próximo livro - após o lançamento do 'Burro com sorte' -, o treinador manteve o bom humor, mas voltou a lamentar a falta de controle que resultou em sua expulsão depois de seu auxiliar, Luiz Matter, também já ter sido excluído de campo.

"Seria um 'Burro com sorte 2'. Eu fiquei triste por isso. É significativo. Não é fácil chegar nesse número. É a quarta vez que treino o Atlético. Devo ter ficado ansioso sem saber. E era um jogo bacana. Deixa a gente constrangido. Lamento o erro, mas vou para casa feliz", finalizou.

Leia tudo sobre: atleticogaloexpulsopalmeirascopa do brasillevir culpiplacahomenagem