Pekerman descarta favoritismo da Colômbia contra Brasil

Treinador lembrou que a vantagem é brasileira, já que o time verde e amarelo venceu o último confronto, nas quartas de finais da Copa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

O argentino José Pekerman discorda da posição de Dunga que coloca a seleção colombiana com uma "ligeira vantagem" sobre o Brasil, para o amistoso desta sexta-feira nos Estados Unidos, por causa do trabalho de longo prazo que vem fazendo no cargo. "As duas equipes estão no mesmo nível", disse o treinador da Colômbia. "Não podemos esquecer que o Brasil venceu a última partida", completou.

A Colômbia tem um reforço bastante importante em relação à partida citada por Pekerman - vitória por 2 a 1 do Brasil nas quartas de final da Copa. O atacante Falcao García está de volta à seleção, depois de ter ficado fora do Mundial por causa de grave lesão no joelho.

Na semana passada, Falcao García disputou sua primeira partida oficial da temporada como titular e marcou o gol da vitória do Monaco sobre o Nantes. "Estou recuperado e pronto para recomeçar minha história na seleção colombiana", disse o atacante, que foi recentemente negociado com o Manchester United.

Outro destaque da equipe colombiana é o meia James Rodríguez, artilheiro da Copa com seis gols, que foi contratado por mais de 80 milhões de euros pelo Real Madrid. "Será uma grande partida. Temos ótimos jogadores dos dois lados. Espero levar vantagem dessa vez", disse o astro da Colômbia.

Leia tudo sobre: pekermantecnicocolombiaseleçaobrasilfutebol