Federação Mineira de Futsal suspende título metropolitano do Olympico

Decisão veio após o Minas não aceitar vitória do Olympico, que teve influência direta de atitude antidesportiva do pivô Júlio Nunes

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

O ato de Júlio Nunes, pivô do Olympico Club, ainda gera repercussão na final do Metropolitano de futsal.

Depois de impedir o sétimo gol do Minas, ao sair do banco de reservas para invadir a quadra, Júlio viu o Olympico empatar o jogo e levar o título do torneio após 34 anos.

O Minas, ainda inconformado com o ocorrido, entrou na justiça e foi atendido. A Federação Mineira de Futsal suspendeu a decisão até o encerramento do processo.

Após a confusão provocada por Nunes, o jogo teve o placar de 6 a 5 mantido, faltando 2min para o fim. Nos segundos finais, o Olympico conseguiu o empate, que lhe deu o título do torneio.