Para Dunga, Colômbia leva 'ligeira vantagem' no amistoso

Treinador também reconhece que o trauma da derrota de 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo ainda está vivo na memória dos brasileiros

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Dunga fala sobre as dificuldade para enfrentar a Colômbia em amistoso
Rafael Ribeiro / CBF
Dunga fala sobre as dificuldade para enfrentar a Colômbia em amistoso

O técnico Dunga prevê que a seleção brasileira terá muitas dificuldades no amistoso contra a Colômbia, nesta sexta-feira, em Miami. Afirma que o adversário leva "ligeira vantagem" por causa do entrosamento.

"A Colômbia leva ligeira vantagem porque trabalha há quatro anos e o Pekerman [José Pekerman, técnico da Colômbia] conhece os jogadores. Eu também conheço os brasileiros, mas há uma diferença entre vê-los jogando e o convívio diário", afirmou o treinador em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, na concentração brasileira, em Miami.

Na primeira partida depois do fracasso na Copa do Mundo, Dunga reconhece que o trauma pela derrota para a Alemanha por 7 a 1 na semifinal ainda está viva na lembrança de todos. "Ainda é uma ferida aberta", disse o treinador. "É uma dificuldade, mas também pode ser vista como oportunidade. Eles tiveram uma oportunidade para reescrever a história e fazer as coisas de um jeito diferente", disse o treinador.

Mesmo com as dificuldades, o técnico afirma que o torcedor verá uma equipe vibrante e veloz. "O torcedor pode ter certeza de que os jogadores estão se doando 110% dentro de campo. É isso o que o torcedor quer ver", afirmou o treinador.

A escalação da equipe também foi confirmada pelo treinador: será a mesma dos dois treinamentos realizados em Miami. "Eu respeito a hierarquia. Gosto de hierarquia. Temos de dar oportunidade para os jogadores que disputaram a Copa. Todos foram convocados pelo que fizeram em seus clubes, mas temos de aproveitar a experiência de quem já disputou o Mundial. Normalmente, vamos dar oportunidade para os outros jogadores", disse Dunga.

A seleção brasileira vai enfrentar a Colômbia nesta sexta-feira, em Miami, às 22 horas (Brasília), com Jefferson; Maicon, David Luiz, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Ramires, Oscar e Willian; Diego Tardelli e Neymar.  

Leia tudo sobre: AMISTOSOCOLÔMBIASELEÇÃO BRASILEIRA