PRF apreende cerca de 9 t de carvão vegetal sem licença na BR-116

Produto seria transportado de Alvinópolis, na região Central de Minas, para o Rio de Janeiro; caminhoneiro apresentou nota fiscal, mas os sacos estão sem selo

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Carga possui nota fiscal, mas não tem selo de licença ambietal
Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
Carga possui nota fiscal, mas não tem selo de licença ambietal

Um caminhão com carga de cerca de nove toneladas de carvão vegetal foi apreendido, na BR-116, em Leopoldina, na Zona da Mata, na noite dessa quarta-feira (3). O produto era transportado sem selo ambiental (licença), já que é considerado de alta periculosidade.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão foi abordado durante uma fiscalização de rotina na altura do KM 768. O caminhoneiro de 45 anos apresentou nota fiscal do produto, mas os sacos estão sem o selo. Mesmo sendo apenas o responsável pelo transporte da carga, o homem prestará esclarecimentos.

O carvão seguia de Alvinópolis, na região Central de Minas, para o Rio de Janeiro. A Polícia Florestal está no posto da PRF, onde o caminhão está retido, analisando a documentação apresentada, conforme o Código Florestal. Todo o material está à disposição Instituto Estadual de Florestas (IEF).

A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a empresa que seria dona do carvão, mas ninguém atendeu às ligações.

 

Leia tudo sobre: carvão vegetalcaminhão